Prefixados continuam sendo Opção Estratégica?

Especialistas acreditam que o aumento da taxa Selic está próximo do seu fim e a grande dúvida dos investidores é: será que esse é o momento certo para investir em prefixados?

O primeiro passo é entender o verdadeiro significado de optar por esse tipo de investimento, analisando de forma estratégica os prós e contras de incluir os prefixados em sua carteira de investimentos. A seguir, reunimos algumas informações importantes sobre essa modalidade que certamente irão contribuir com o seu processo de decisão. Confira!

Entenda o cenário econômico atual

As movimentações constantes do dólar, tensões entre a Rússia e a Ucrânia e Xangai ainda tentando combater a Covid-19 e se preparando para reabrir o comércio, são situações que criam um risco adicional para a inflação global.

No Brasil, o Governo vem aumentando a taxa Selic com o objetivo de controlar a inflação, uma vez que essa atitude dificulta o acesso ao dinheiro, tornando as taxas de juros de cartão de crédito, cheque especial e empréstimos mais altas.

Qual a relação entre a taxa Selic e um investimento prefixado?

Os ativos vinculados a taxa Selic são conhecidos como prefixados e possuem como característica principal a determinação do rendimento final já no ato da solicitação do investimento. Ou seja, o investidor sabe antes mesmo de adquirir o ativo o valor que receberá após o vencimento, pois as taxas são prefixadas.

O Tesouro Prefixado, por exemplo, tem como base a projeção futura da taxa Selic para determinar quanto irá pagar ao investidor que optar por ter esse tipo de investimento em sua carteira. Essa projeção tem como base a taxa de curto prazo dos juros, que é o valor atual da própria Selic.

Investir em prefixados é vantajoso?

Sabendo que investimentos prefixados possuem uma taxa de juros já conhecida no ato da compra, e que essa taxa de juros é determinada também pela Selic, nos faz concluir que investir em prefixados enquanto a taxa básica está alta proporciona ao investidor um bom momento para garantir retorno favorável de acordo com o valor investido.

O contrário, quando a taxa Selic se encontra baixa, o que aconteceu em anos anteriores, torna o cenário de investimento em prefixados menos favorável. Mas, isso dependerá dos objetivos e metas de cada investidor.

Por isso, analisar os dados e usar os prefixados como uma tática em sua carteira de investimentos não te torna um investidor conservador, mas sim uma pessoa que busca entender o momento do mercado e agir de forma estratégica, almejando sempre os resultados mais favoráveis.

Vimos no artigo de hoje que assim como qualquer outro investimento, os prefixados possuem vantagens e algumas desvantagens. A dica é sempre analisar com cautela todas as opções disponíveis e selecionar as que melhor se encaixam em seu planejamento.

Para continuar por dentro de outras dicas financeiras como essa, não deixe de acompanhar as próximas postagens do nosso blog!

Compartilhe:

veja também: