LCI e LCA: qual a diferença entre esses investimentos?

Quando você decide entrar no mundo dos investimentos e colocar o seu dinheiro para trabalhar por você, é comum se deparar com uma série de siglas que envolvem tanto os investimentos de renda fixa quanto de renda variável. E para entender o que elas significam e conseguir identificar a melhor modalidade de acordo com o seu perfil, é preciso buscar informações confiáveis.

Hoje, vamos falar sobre as diferenças entre LCI e LCA, dois tipos de investimentos que costumam confundir os novos investidores por terem um nome semelhante. Se você quer diversificar a sua carteira e busca mais informações sobre LCI e LCA, acompanhe esse artigo até o fim e confira as nossas dicas!

Entenda o que é a LCI

É cada vez mais comum os investidores buscarem autonomia para selecionar as melhores opções disponíveis no mercado e assim montar uma carteira diversa e rentável. Nos últimos anos, o investimento em Letras de Crédito Imobiliário, mais conhecido como LCI, passou por um processo de simplificação que o tornou muito mais acessível.

A LCI se encaixa na modalidade de renda fixa emitida por instituições financeiras privadas. Todos os recursos captados por meio dessa aplicação são direcionados para financiar empreendimentos e atividades do setor imobiliário. Deste modo, o investidor que aplicar em LCI estará, na verdade, oferecendo uma espécie de empréstimo ao banco em troca de uma rentabilidade que pode ser prefixada, pós-fixada ou híbrida. 

O interessante da LCI é que ela conta com uma data de vencimento previamente estabelecida, sendo assim, o investidor consegue ter uma ideia bem próxima de quanto o seu dinheiro irá render até o fim do prazo de resgate. Além disso, é importante ressaltar que a LCI é isenta de Imposto de Renda, um ponto que contribui para a tomada de decisão dos investidores.

Saiba como funciona a LCA

Vimos no tópico acima as principais características da LCI e vamos conhecer agora os detalhes da Letra de Crédito do Agronegócio, mais conhecida como LCA. Esse também se trata de um título de renda fixa emitido pelas instituições financeiras, mas o foco da LCA é diferente, pois toda a captação é direcionada para financiar as atividades do setor de agronegócio. 

A taxa de rentabilidade e a data de vencimento do título são definidas no momento da compra da LCA, o que permite ao investidor uma visão mais clara dos seus rendimentos futuros. Essa modalidade também está disponível nos três formatos já citados acima: LCA prefixada, pós-fixada e híbrida. 

Afinal, qual a diferença entre LCI e LCA?

Você deve ter percebido que LCI e LCA possuem características bem semelhantes. A decisão entre investir em LCI ou LCA geralmente é baseada no interesse do próprio investidor em aplicar seu dinheiro no setor imobiliário ou no agronegócio. Além disso, a análise da taxa de rendimento, o prazo e o aporte inicial exigido pelo título são pontos a considerar na hora de escolher o melhor investimento para a sua carteira.

No artigo de hoje, apresentamos os principais detalhes da LCI e LCA e se você gostou do conteúdo, te convidamos para acompanhar também em nosso blog o post que mostra se o Fundo Imobiliário é realmente um bom investimento para você. 

Compartilhe:

veja também: