Ações em Queda: Como identificar se é hora de vender?

Quem investe na bolsa de valores sabe que as oscilações são constantes e fazem parte da vida de todos os investidores. Mas, algumas movimentações específicas costumam causar dúvidas até mesmo em quem já atua no mercado há muitos anos. As ações em queda são um ótimo exemplo disso. Será que é hora de vender ou devemos esperar o cenário melhorar?

Uma dúvida cruel, mas que pode ser solucionada quando você tem as informações necessárias para que a sua tomada de decisão seja assertiva. As ações em queda podem surgir em todas as empresas de capital aberto. Recentemente, a gigante Netflix passou por essa situação e trouxe à tona esse debate sobre o momento ideal de vender uma ação.

Após informar que perdeu assinantes pela primeira vez em mais de uma década de atuação, a Netflix viu suas ações despencarem em 35% na manhã do dia 20 de abril. A informação impactou Wall Street e eliminou cerca de US$ 50 bilhões no valor de mercado da empresa. 

Realmente, quando as ações em queda geram perdas tão expressivas, quem investe nessas companhias fica receoso e com dúvidas se deve continuar acreditando no potencial da marca. Se você passou por uma situação semelhante, confira a seguir dicas de como identificar se é hora de vender ou não as suas ações.

Invista para o longo prazo

Quem entra na bolsa de valores sabe que a renda variável tem seus altos e baixos, por isso, investimentos focados no longo prazo podem te ajudar a decidir se é hora de vender ou não as ações em queda

Pense que você tem um objetivo lá na frente e as oscilações do presente podem acabar não interferindo nos seus planos. Mas, caso perceba que as movimentações atuais não são favoráveis e há expectativa de piora, considere mudar o percurso.

Acompanhe o mercado e fique de olho nas ações em queda

Um investidor iniciante pode ficar bastante preocupado quando vê uma gigante como a Netflix perder tanto valor de mercado em apenas um dia. Mas, quem está mais familiarizado com a bolsa de valores consegue até encontrar oportunidades nesses movimentos.

A dica para saber se é hora de vender ou não suas ações tem a ver com o olhar do investidor. Acompanhe a divulgação dos balanços, busque informações em canais confiáveis e conheça as avaliações dos especialistas. Com base nesses dados e levando em conta os seus objetivos com o investimento, será mais fácil decidir o melhor caminho a seguir.

Será que vender é um bom negócio?

Essa é uma reflexão que todo investidor deve fazer, principalmente em casos de ações em queda. Aquela ação que fez seus olhos brilharem a um tempo atrás já te proporcionou a rentabilidade esperada? E ainda: será que vender nesse momento vai trazer prejuízos?

Calcule o seu investimento, veja quanto a ação está valendo no mercado e tome uma decisão consciente, baseada em análises e projeções, deixe a emoção de lado nesse momento. Além disso, é sempre importante reforçar que grandes, médias e pequenas companhias passarão por ações em queda em algum momento, mas para algumas delas esse impacto é realmente perigoso e vale pensar no repasse das ações, mesmo que isso traga algum prejuízo ao investidor.

No artigo de hoje, vimos que o processo de definir se é hora de vender ou não ações em queda envolve muita informação, análise e planejamento. Para continuar por dentro de conteúdos como esse, confira as próximas postagens do nosso blog.

Compartilhe:

veja também: